Como pai deve-se olhar com a perspectiva de longo prazo

Como pai deve-se olhar com a perspectiva de longo prazo

Escrito por: Editorial, BKM Holstebro | Publicado: quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

«No curto prazo, não se pode ver se ele vai ter sucesso para obter bons cidadãos de seus filhos, de modo que eles prosperem, e tenham a experiência de ter a Deus como seu amigo pessoal e ajudante. Mas trabalhando a diário em si mesmo como pai e confiando na palavra de Deus pode-se ver que a palavra de Deus é verdadeira.»

As palabras vem de Finn, que é pai tanto de crianças pequenas, como de jovens, nas idades entre os 2 aos 19 anos. Finn representa de muitos aspectos o que poderia ser chamado de « um pai moderno». Ele é marido, ele é pai, ele é profissional, e ele é ativo no trabalho da comunidade e nos trabalhos voluntários. E tudo deve estar em equilíbrio, de modo que ele também tenha tempo para as crianças.

Historicamente, o papel masculino tem sido marcado por um pai ausente, que, principalmente, tinha a tarefa de sustentar sua família. Na família moderna homens e mulheres são tratados com maior igualdade em termos de sobrevivência económica. Isto significa que o pai desempenha um papel mais presente, e que, claro, traz alguns desafios, mas também oferece possibilidades entre pais e seus filhos.
 

Possibilidades

«É uma grande oportunidade ser pai. Basicamente, as crianças não têm em ninguém mais confiança do que em sua mãe e seu pai.»

Como pai, tem-se a oportunidade de influenciar os seus filhos, e isso significa que pode-se também correr o risco de danificar os filhos– Algo que Finn fala com seriedade em seu tom de voz. E ao ser perguntado sobre o que ele percebe como o maior desafio sendo um pai, Finn respondeu::

O desafio é ser digno da confiança que as crianças têm com seus pais.

«O desafio é ser digno da confiança que as crianças têm com seus pais. Colocar-se ao lado, ser humilde e ouvir o que a criança tem a dizer.»

Para as crianças, o pai que é uma rocha e um lugar seguro, sublinha Finn. Eles esperam a estabilidade no pai, e que ele permanece em pé, não importa o que acontece. E eles vão ficar desapontados se há, da parte de seu pai, flutuações na forma de ansiedade ou raiva.

«O segredo reside em sacrificar-se. Quando nos sacrificamos, temos como resultado a vida.»

«É somente pelo sacrifício que se torna vida. E uma vítima é uma vítima – isso custa algo. Mas não é difícil de sacrificar quando você vê as coisas de uma perspectiva mais ampla. É emocionante! Pois é o que dá resultados a longo prazo», diz Finn com um sorriso.
 

Crer na palavra de Deus

A receita é simples: Escolha crer na palavra de Deus e agir de acordo com ela quando surgem dificuldades– crer na palavra sobre a paciência, quando a maioria quer ser impaciente. Aqueles que fizerem isso vão ver que a palavra de Deus é verdadeira e que há uma força criadora em cada uma das palavras, acrescenta Finn.

«Pouco a pouco, torno-me mais paciente, mais amoroso e melhor. Surge‘vida’ que só Deus pode criar, e que tem um impacto tão bom e harmônico sobre as crianças.» Mas isso não é possivel sem estar firme na fé na palavra de Deus a cada dia. A semente que você semear hoje não produz frutos visíveis já manhã; é preciso o tempo passar para que de frutos.
 

A semente que você semear hoje não produz frutos visíveis já manhã; é preciso o tempo passar para que de frutos.

Existe uma admiração da criação de Deus por trás do jeito de Finn falar sobre a diversidade de Deus. Deus é tão multi-dimensional que ele criou todas as pessoas diferentes. Toda criança pensa diferente e progride de forma diferente, diz Finn. E resplandece claremente dele que ele tem grande esperança para cada filho, independente das características individuais que eles têm.

Uma perspectiva de longo prazo

«Não tenho maior alegria do que ver meus filhos prosperar. É provavelmente o maior prazer que se pode experimentar como o pai», diz ele sorrindo.

Finn vivenciou que a vida não é sempre como se poderia imaginar. Pode-se pensar que a vida deve ser fácil e que as provas desaparecem quando se acredita em Deus. Mas, o fato de servir a Deus não significa que tudo é executado automaticamente como num relógio.

«Quando eu escolho crer completamente e firmemente na palavra de Deus em diferentes situações da vida, eu sinto que as palavras de Deus não são palavras comuns, mas sim, as leis naturais do espírito.»

No momento pode ser difícil de ver, mas a longo prazo, ao longo de vários anos, vemos um «fio condutor», e que Deus está em tudo. Tanto no que é fácil como no que é difícil no projeto de família.