Ele crê no futuro

Ele crê no futuro

Escrito por: Bessie Wong | Localizar: Brunstad, Norwegen | Publicado: quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Steen Hansen da Dinamarca perdeu sua esposa repentinamente e relativamente cedo. Apesar da dor Steen acredita num futuro alegre e eterno.

É um dia chuvoso de novembro, no qual encontro Steen em sua casa de férias. Por causa do tempo tudo parece pouco triste na sala. Ao lado da TV tem uma foto de sua esposa Lise que faleceu há alguns meses. Steen conduz seu próprio negócio de encanador, é um pai ocupado de 7 filhos e um membro da igreja na Dinamarca. Não foi fácil para ele perder alguém que ele amava tanto. Quando nos sentamos frente a frente, tive a impressão de poder ler rastros de tristeza em seus olhos. Mas sua primeira frase me deixa atônito.
 

„Eu sou um homem feliz“

Ele começa sua conversa convicto. „Eu sou um homem feliz. Eu vi pessoas que eram muito felizes. Então eu desejei me tornar feliz da mesma forma como eles.

Ele se descreve como uma pessoa ativa e extrovertida. Ele gosta estar em contato com pessoas, se alegrar com os que se alegram, e chorar com os que choram. Ele também conta pouco da vida interior, que está continuamente em desenvolvimento:

Por natureza eu não tenho pensamentos bons, mas a palavra de Deus me transforma mais e mais, a fim de me tornar uma bênção para as pessoas a minha volta: minha família e meus amigos.

Uma fé simples

A morte de Lise foi um choque para toda a família. Ela não estava doente, mas o coração dela fracassou e ela não acordou mais. Nessa época dois de seus filhos estavam em Hong Kong, um estava em lua-de-mel, e outro trabalhava na Noruega.

„Desde o início nossos amigos nos deram muito amparo. Em meio ao luto tínhamos grande paz. Ainda está sendo assim.“

Mas Steen não nega que foi muito difícil para a família, principalmente para o filho mais novo que tem recém 14 anos. Mas mesmo assim ele diz que „Deus fez exatamente o que foi melhor tanto para ela, quanto para eles. „Os caminhos de Deus são perfeitos e eu simplesmente acredito nisso“, ele explica.

„Ela está muito próxima“

Logicamente ele tem saudade de sua esposa. „Principalmente para o Natal será difícil para meus filhos, para mim e para meus netos, quando vamos celebrar o Natal juntos, caminhar em volta da árvore, desfrutar da ceia de Natal e talvez chorar um pouco juntos.

„Ela (Lise) está muito próxima, apenas uma fina parede nos separa. Muitos amigos tem me falado: „Pensamos em você e nos teus filhos!“ Nós sentimos que nossos amigos pensam em nós. Isso faz com que eu ainda seja um homem feliz.

Eu pergunto se a vida de Lise ainda influencia, e de que maneira.

„Muito, muito forte“, ele diz. „A vida dela tem uma influência muito grande sobre mim. Ela foi muito temente a Deus. Ela via a necessidade individual das pessoas, e quando Deus opera em seu coração, ela rapidamente colocava isso em prática.“ „Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. (João 7, 38).

„Eu tenho alguns vídeos dela“, ele continua. Um deles é de nossas bodas de prata – naquele dia ela contou um hino para mim. Um outro é do casamento de minha filha, que aconteceu uma semana antes da morte de Lise. Ela escreveu uma poesia muito bonita para este acontecimento. Ás vezes eu assisto a estes vídeos. Ele sorri.

Uma esperança viva

Mas Steen não é um homem que vive no passado. Eu pergunto a ele o que o espera no futuro. „Grande alegria“ ele responde sem hesitar. Eu tenho uma esperança viva. Eu creio que vou acesso a uma nova e feliz vida nos céus, depois de ter findado minha vida aqui na terra.

„Quer dizer que você não tem medo de ficar velho?“

„Eu não tenho medo de ficar velho, também não tenho medo da morte. Eu sou agradecido por tudo que me vem no caminho e eu aprendo cada vez mais sobre a vontade e sabedoria de Deus. Eu serei unido com Jesus. O que eu recebo de Deus nessa vida eu levo comigo para a eternidade!“ Existe uma eternidade, e ele se alegra de poder compartilhar ela juntamente com sua querida Lise.

Lá fora ainda está molhado e cinza, mas agora a sala me parece muito mais clara. Eu vejo esse homem, que na realidade é como qualquer outro, e estou impressionado pela sua esperança. Eu lembro de um versículo bíblico: „e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.“ (1. João 5, 4).