O que acontece com a fé quando a tragédia atinge?

O que acontece com a fé quando a tragédia atinge?

Escrito por: Maggie Pope com Lydia Rusanen | Publicado: quinta-feira, 2 de julho de 2015

Lydia e Jouni estavam em seus vinte e poucos anos e tinham sido casados apenas há um ano quando a sua vida se transformou completamente e sua fé em Deus foi realmente posta à prova.

Foi exatamente na data para o nosso primeiro aniversário de casamento quando Jouni começou a perder sensação em seus dedos do pé. Moramos na Finlândia neste verão, e ele tinha acabado de ter um bom trabalho como operador de guindaste. Foi bem pago, e precisava do dinheiro para financiar o meu último ano na universidade na Inglaterra.

Nós visitamos o médico três vezes, mas não achava que fosse sério, talvez apenas um nervo comprimido. Nós voltávamos trás várias vezes porque outros sintomas começaram a aparecer. Finalmente, depois de aprox. duas semanas Jouni mal conseguia andar sem ajuda e foi apressadamente enviado para fazer um exame de ressonância magnética. Lembro-me que o médico nos convidou ao escritório. Ele explicou que eles haviam encontrado um tumor nas costas. Eles não sabiam se era maligno ou benigno, por isso tivemos que viajar para um hospital em outra cidade, a fim de realizar uma biópsia.

Depois de aprox. duas semanas Jouni mal conseguia andar sem ajuda e foi apressadamente enviado para fazer um exame de ressonância magnética.

Quando chegamos ao hospital de Tamerfors os médicos concluíram que a situação era séria demais para alguns testes. Qualquer tentativa de determinar o grau ou tipo de câncer poderia fazer com que ele se espalhasse. Seria uma operação longa e difícil, e não havia nenhuma garantia de que Jouni iria sobreviver, nem que ele poderia voltar a andar.

Eu me lembro que nós nos sentamos em silêncio juntos por um longo tempo. Será que o médico realmente disse a palavra "câncer"? É uma palavra que você nunca espera ouvir, e quando você ouve, não parece real.

Será que o médico realmente disse a palavra "câncer"?

Mas, então, algo estranho ocorreu. Era como se o tempo parou e podiamos realizar varias coisas. Podíamos observar claramente que os nossos amigos oraram por nós e tivemos excelente comunhão os dois juntos.

«Porque onde há dois ou tres reunidos em meu nome, estarei no meio deles.»  (Mateus 18, 20). Este versículo era algo que experimentamos pessoalmente. Lágrimas foram derrubadas, mas nós tivemos que ficar para Deus - descansando em paz, uma paz que veio pelas orações dos amigos. Recebemos muitas mensagens de encorajamento. Acho que o que fez a maior impressão em mim foi ver Jouni que foi levado para a sala de operação em repouso completo.

Um longo processo de recuperação

 

Após a cirurgia, como os dias passaram e Jouni começou o processo de rtecuperação longa, nós nos deparamos com muitas paredes: MRSA, uma nova operação - desta vez, no coração, infecções. De muitas maneiras nós sentimos que tínhamos passado por grandes lutas, e não podiamos acreditar que vinha ainda mais.

De muitas maneiras nós sentimos que tínhamos passado por grandes lutas, e não podiamos acreditar que vinha ainda mais.

Eu me lembro de haver pensado: "Deus  não dá mais do que podemos suportar, e eu agora atingi o limitea - que não pode ficar pior" Mas Deus realmente viu que era necessário  levar-me a um lugar onde eu tinha que procurá-lo, sem contar com a minha força humana limitada. Então, ele poderia começar algo novo em mim!

Havia muitas coisas que eu não entendia, e é difícil para os seres humanos de ir para a frente, sem saber exatamente por que as coisas acontecem, ou pelo menos ter algum tipo de plano. Para ir em frente com fé nesta situação era como dar a minha mão para Deus e fechar os olhos.

Para ir em frente com fé nesta situação era como dar a minha mão para Deus e fechar os olhos.

Muitas vezes eu senti que não podia continuar e que era difícil confiar em Deus, mas depois lembrei-me do versículo, «Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.» Isaías 55:7-8.

Confiar em Deus

 

Eu posso facilmente evocar uma idéia do que Deus quer me mostrar em uma situação e como ele vai ter certeza de que tudo é "bom", mas seus caminhos e pensamentos são mais altos do que os meus. Eu não sei como ele iria me usar na situação, mas eu posso estar em repouso, sabendo que Seu plano é perfeito.

Aos poucos, aprendo os pensamentos de Deus comigo, e ver que tudo isso tem a ver com a minha salvação - a minha eternidade. Devo aceitar isso direito, para que ele possa fazer a obra em mim.

No início, concentrávamos apenas em passar o dia intacto. Não foi fácil, mas eu me lembro de haver escutado antes: "Você deve manter seu olhar em Jesus, caso contrário, você cai na água", e é assim que nós decidimos passar a cada dia.

Quando os tempos parecem particularmente escuros, penso muitas vezes em um verso em 1. Samuel 7, 12: «Até aqui nos ajudou o Senhor.»

A única opção é confiar completamente nele.

Ele nunca nos falhou, por tudo o que ele nos levou, ele também nos ajudou a passar. A única opção é confiar completamente nele. Nós não sabemos o que o futuro trará. Agora, Jouni está paralisado da cintura para baixo. Não sabemos se ele nunca vai voltar a andar, mas nós sabemos que Deus vai nos sustentar e fazer com que tudo funcione a nosso melhor - a nossa salvação eterna.