O que eu devo fazer para ser suficientemente bom para com Deus?

O que eu devo fazer para ser suficientemente bom para com Deus?

Escrito por: Allister Cousins | Publicado: quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Pobre de espirito  Quando se trata da minha relação com o meu Criador, O que ele espera de mim? o que eu devo fazer para ser suficientemente bom para com Deus?

Muitos de nós lembramos desse sentimento de vazio e vergonha por ser o último elegido no parque, ou a frsutração e humilhação por não ter conseguido as notas esperada, ou que precisamos. Desde a infância temos enfrentado a pressão de ser eficiente na escola, no trabalho, inclusive socialmente e entre familiares e amigos.

Quem sabe, queira que leve a risca certas obras boas, para terminar com meus erros. Ou quem sabe não.

Mas quando se trata da minha relação com o Criador, O que le espera de mim? O que eu devo fazer para ser suficientemente bom para com Deus?

Quem sabe Deus requer que seja perfeito, no sentido de que, nunca faça erros no que tenho feito. Quem sabe queira que leve a risca certas obras boas, para terminar com meus erros. Ou quem sabe não.

Em Hebreus 10 disse Jesus, que Deus não deseja sacrifícios nem ofertas, e sim um corpo para fazer sua vontade.As pessoas no Antigo Testamento não viviam suas vidas de acordo a  vontade de Deus, Apesar que, ofereciam sacrifícios continuamente. Deus desejava seus corações e não os sacrifícios – Os quais eram acostumados a se apresentar somente para satisfazer suas proprias consciências. Nem uma ação, ou o conjunto de boas obras que as pessoas façam significa algo para Deus, mas sim, Deus primeiramente tem que estar satisfeito com o que vê do coração dessas pessoas.

O pobre de espirito deseja ser como Ele, e justamente são essas pessoas que são agradável a Ele.

No Salmos 51, 19 Davi escreve: «Então te agradarás dos sacrifícios sinceros,
das ofertas queimadas e dos holocaustos;
»

Jesus disse: «Bem aventurados os pobres de espiritou, porque de eles é o reino dos céus Mateus 5, 3. Deus busca por aqueles que estão aflitos pela sua falta de bondade, sabedoria, paciência e pureza, aqueles que, apesar de todos os esforços para ser bom, perdem seu temperamento enaquanto, mentem, enganam, mormuram, etc. Os que são pobres de espirito ficam aflitos sobre isso, e é a esses que Deus pode ajudar. O pobre de espirito deseja ser como Ele, e são justamente essas pessoas que são agradavéis a Ele. Eles dão seus corações para encontrar e obedecer a vontade de Deus.

Deus me mostra por meio do Espirito Santo e suas palavra, as minhas debilidades, mas também como eu devo lutar contra o pecado e minha natureza. Isso requer obidiência da minha parte, e Deus prova a minha força e vontade para colocar em prática isso.

«Assim, meus amados, como sempre vocês obedeceram, não apenas na minha presença, porém muito mais agora na minha ausência, ponham em ação a salvação de vocês com temor e tremor, pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele.»Filipenses 2,12-13

 

.

Posso fazer somente a vontade de Deus, se eu conseguir ver minhas próprias debilidades e entregar o meu coração para ele me guiar.

A vontade de Deus é  o melhor para mim eternamente. Posso fazer somente a vontade de Deus, se eu conseguir ver minhas próprias debilidades e entregar o meu coração para ele me guiar.Então sou agradável a Deus!

Cumprir os requerimentos de Deus, não causa esstres que normalmente se tem quando levamos a sério as coisas terrenais. De fato, cumprir com os requerimentos de Deus tem efeito contrário- Paz e tranquilidade. Ele dá aos pobres de espirito uma paz que nada terrenal possa comemorar.

«Ele mostrou a você, ó homem,o que é bom e o que o Senhor exige:
pratique a justiça, ame a fidelidadee ande humildemente com o seu Deus.»
 Miqueas 6:8.