A atitude de José

A atitude de José

Escrito por: Kathryn Albig | Publicado: sexta-feira, 15 de maio de 2015

Uma resposta às orações de sua mãe. O filho favorito de seu pai. Um sonhador profético. Perdeu tudo, e depois teve uma espetacular reaparição como o segundo no comando do rei. O que tinha de tão especial com esse jovem?

Podemos ler na história de Gênesis. Como José, o filho mais amado de seu pai, foi vendido como escravo por seus irmãos invejosos e cheios de amargura. Como foi comprado pelo Egito por Potifar, um dos oficiais do Faraó. Como achou graça aos olhos de Potifar e foi feito capataz de sua casa e tudo o que tinha. E a esposa de Potifar tentou fazê-lo cair em tentação e pecado.

Foi uma situação realmente difícil . Não podia sair algo bom disso. Independente do que fazia. Mas ele tinha uma atitude de mente pura  e nobre. Nem pensar em ceder perante ela. (Gênesis 39,7-9) «.. como pois faria eu tamanha maldade, e pecaria contra Deus?» Não  importou quais foram as consequências das suas ações. Nada poderia fazê-lo pecar contra o seu Deus.

Não  importou quais foram as consequências das suas ações. Nada poderia fazê-lo pecar contra o seu Deus.

O grande mal do pecado

Qual é sua atitude quando é tentado? Considera como uma alternativa ceder perante o pecado? Faz comparação do certo e errado, pensa nas consequências? Ou, tem o mesmo temor de Deus que tinha Jose? Prefere enfrentar qualquer consequência no lugar de pecar contra Deus?

Devemos saber que o pecado é algo muito grave. Se realmente entendemos o que Deus pensa do pecado- o quando odeia- então, jamais para mim seria uma opção pecar. Deus é completamente santo, e quer que tudo de sua criação seja também. O pecado destrói tudo. O pecado separa os homens de Deus. Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça.
(Isaías 59,2).

Se realmente entendemos o que Deus pensa do pecado- o quando odeia- então, jamais para mim seria uma opção pecar.

Se, Ele é um Deus de amor, e não existe perdão para o pecado, mas pensa quanto mais pode alegra a Deus quando tens a atitude que teve José « como, pois faria eu tamanha maldade, e pecaria contra Deus? Gênesis 39:9» Escolher pecar quando sabe melhor sobre isso, não é algo pequeno.

Isso dignifica ser obediente a voz que escuta que te exorta em deixar de fazer algo. Que fala no seu coração e te mostra quando algo está fora da vontade de Deus. Seja algo «grande» como o adultério, ao qual José foi tentado, ou algo que pareça relativamente inofensivo. Uma pequena mentira para salvar sua pele, por exemplo. O pecado é pecado para Deus, o odeia, porque significa que tem escolhido fazer sua própria vontade e viver para você mesmo. Isso é rejeitar a vontade de Deus, e é o mesmo que dizer que sua vontade não é perfeita; que tem outra opção viável.

O resultado de escolher o temor de Deus

Mas os que escolhem o temor de Deus sobre o pecado, experimentam que absolutamente vale apena. Não é fácil dizer não ao pecado. Tem um preço. Mas nada que vale  apena é barato. E o resultado? « Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;» (2 Coríntios 4,17).

Não é fácil dizer não ao pecado. Tem um preço. Mas nada que vale  apena é barato.

José inclusive recebeu autoridade ali onde foi encarcerado. Deus lhe deu o dom de interpretar os sonhos, e, portanto se tornou indispensável para o Faraó. Em um surpreendente giro, chegou a ser o segundo mandante do de todo o Egito! E para coroa-lo, recebeu seu pai e família novamente. Isso não aconteceu por casualidade. Deus cuida daqueles que tem uma atitude temerosa. Quando alguém lhe diz que algo não está mal em fazer, e escolhe agradar a Deus, então experimenta a benção, assim como José fez, pelo seu temor reverente. (Gálatas 6,9).

A atitude que tens é segundo as decisões que toma. Decida hoje que não quer fazer mal e pecar contra Deus. Pode orar a Deus para que te ensina a odiar o pecado, assim como ele o faz. E se mantenha próximo a sua decisão. Deus fortalece aqueles, cujos corações são totalmente para Ele « Porque, quanto ao Senhor, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para com ele; » (2 Crônicas 16,9). E experimentara que os deleites temporais do pecado e os seus benefícios, não se compara com a paz e benção que recebes quando escolher fazer o bem. (Romanos 2, 5-10).

E experimentara que os deleites temporais do pecado e os seus benefícios, não se compara com a paz e benção que recebes quando escolher fazer o bem.

O sentir de José foi odiar o pecado e viver temente a Deus. Isso fez com que, sua vida fosse abençoada por DEus. Assim também pode esr contigo! é a sua decisão. Se arme com a atitude que prefere morrer antes de pecar, e ira tudo bem contigo. Deus cuida dele.