Avivamento!

Avivamento!

Escrito por: Aksel J. Smith | Publicado: sexta-feira, 1 de julho de 2016

O que é o verdadeiro avivamento, e como preservar-lo?

Uma fé vida

Uma fé viva e o avivamento pertencem um ao outro. Quando os pecadores recebem uma fé viva na palavra de Deus sobre o perdão do pecado, em seguida, haverá avivamento. Quando aqueles que receberam a remissão dos pecados recebem uma fé viva para obter o poder do Espírito Santo para vencer sobre o pecado, então o avivamento em Espírito e fogo continua. À medida que o Espírito faz a Palavra viva em nossos corações, e nós a agarramos com uma fé viva, então se amplifica o avivamento no poder e conteúdo.

Toda fé viva transforma-se em vida e atitude. A fé sem obras é morta. «Lembrando-nos sem cessar da obra da vossa fé, do trabalho da caridade, e da paciencia da esperança», escreve Paulo em 1. Tessalon. 1,3. Eles tinham sido seguidores de Paulo e dos outros apóstolos, e exemplos para todos os crentes na Macedônia e na Acaia. Seu processo de vida inteira provocava avivamento mais profunda para os fiéis.

Devemos todos estar no espírito de avivamento e acordar uns aos outros para as virtudes de Cristo, para que possam manar de nossas vidas como rios de água viva

Será que realmente fomos apreendidos pela paciência, de maneira que nós mesmos recebemos uma fé viva de ser paciente em todos os aspectos da vida? Sim,então temos campo de missão para o avivamento em todos os sentidos. Então não buscamos o que é próprio, não somos amargos, não murmuramos nem reclamamos, não nos exaltamos, não somos ofendidos, não nos orgulhamos, não somos aspirantes a coisas altas nem avarentos etc. Sim, de fato é necesario o avivamemto. Devemos todos estar no espírito de avivamento e acordar uns aos outros para as virtudes de Cristo, para que possam manar de nossas vidas como rios de água viva, cada vez em maior plenitude, até que Cristo volte.

Entrega total

A nossa vocação e eleição é uma vida de plenitude exuberante do amor fraterno sincero e amor a todos, e louvor e ação de graças em todos os aspectos da vida. «E fazei prova de mim, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas dos céu, e derramar bençãos sobre vós, em rica abundancia!» Malaquias 3,10. A condição era trazer todos os dízimos à casa do tesouro. Na nova aliança é tudo, mas assim a plenitude é ainda maior.

O avivamento sempre deve sair da completa entrega e devoção a Cristo e suas virtudes. Lá e somente lá é ordenado bênção, vida e glória. Vamos acordar os nossos filhos para isso, então eles vão ser salvos da ira do juízo de Deus e em vez disso estarão debaixo das janelas celestes abertas jorrando de bênçãos.

Luta contra os principados deste mundo

Vivemos em um mundo tão perverso que é desonra hoje viver uma vida piedosa com a bênção de Deus, mas em breve será uma honra e isso para sempre. Vamos encolher-nos ainda mais nesta capa da blasfêmia, pois nela Cristo, os profetas e todos os santos estiveram. Muitos querem salvar seus filhos ao máximo possivel desta reprovação/blasfêmia de Cristo e deixam eles se adaptar ao espírito do tempo, mas com isso seus filhos terminam longe da bênção e acabam expulsando-a na ira e na maldição de Deus. Deus confiou a nós, os filhos para que os despertemos para os valores eternos, guardando-os de todos os males.

Se somos em verdade um membro do Corpo de Cristo, temos o avivamento em nós e conosco em todos os nossos caminhos.

«Agora é o julgamento deste mundo. Agora o príncipe deste mundo será expulso.»  João 12,31. Jesus e os apóstolos lançaram fora os principados deste mundo, e agora é a nossa tarefa. Vamos jogá-lo para fora e longe já logo ao avistar seu ser. «Porque o príncipe deste mundo virá, e nada tem em mim.», disse Jesus. João 14,30. Nem nada dele deve existir dentro de nós. Devemos ser sinceros de coração para ter sucesso. Também não podemos vencer a Satanás tendo a Satanás no coração, mas com um coração puro e Cristo como Senhor lá, haverá éxito e um bom aproveitamento.

Muitos são os que ano após ano pedem por avivamento e esperam que ele virá de uma maneira ou de outra, mas se somos em verdade um membro do Corpo de Cristo, temos o avivamento em nós e conosco em todos os nossos caminhos, e nos encontraremos no pacto com todos os santos que estão no espírito de avivamento e fogo, e ganharam a vitória.

 

Esta é uma versão editada de um artigo que foi publicado na revista da igreja BCC«Skjulte Skatter» em maio de 1959.
© Copyright Stiftelsen Skjulte Skatters Forlag | brunstad.org