Contra a esperança em esperança

Contra a esperança em esperança

Escrito por: Aksel J. Smith | Publicado: terça-feira, 2 de setembro de 2014

«Contra a esperança, creu com esperança...» Romanos 4,18. Toda a esperança humana foi contra Abraão, mas no meio dessa falta de esperança, ele creu em Deus, com uma esperança viva, e se alegrou como se já estivesse a Isaque.

Nós não necessitamos de fé e esperança quando se trata de tudo aquilo que segundo o senso humano é cheio de esperança e claro. «Por que ter esperança naquilo que já vemos? raquo; Romanos 8,24.

Alí onde a razão está como uma muralha alta, forte e impenetrável de dificuldades, e onde vemos apenas escuridão e peso, é aí que a fé abre buraco e a luz penetra.

Pessoas quebram tudo o que vai contra eles. Elas ficam decepcionadas, desanimadas e cansadas, e com esse espírito pensam e falam encomodando a si mesmos e seus companheiros.

Alí onde a razão está como uma muralha alta, forte e impenetrável de dificuldades, e onde vemos apenas escuridão e peso, é aí que a fé abre buraco e a luz penetra.

Paulo e muitos com ele tiveram o espírito da fé e nele pregavam palavras de conforto, de animo e de edificação. Quando Paulo estava na prisão em Roma, ele exortou os filipenses a regozijar-se sempre no Senhor. Quanto mais ativo estamos a serviço de Deus, mais Satanás se levanta em sua ira para nos enfraquecer e nos impedir de realizar as obras do Senhor com alegria. No dia da adversidade, ele se levanta e pinta toda a esperança de cor escura. Mas a esperança que ilumina pela fé viva, não pode ser escurecida. A fé ve o dia de adversidade como um dia de prosperidade, porque ele vai ser um dia de salvação.

Enquanto a fé não tem tomado conta de nossas vidas, nós rolamos para lá e para cá pelas emoções enganosas em tumulto e preocupação. Às vezes aparenta haver luz e de repente tudo é escuro. Mas se nós sucumbimos ao desespero e desânimo, Satanás ganhou a batalha, porque Deus « não nos deu o espírito de temor, mas de força e amor e de moderação.» 2. Timóteo 1,7. – «O coração alegre serve de bom remédio, mas o espírito abatido virá a secar os ossos.» Provérbios 17,22.

Frouxidão e indiferença não existem na fé.

Alí onde a razão diz: «Isso é impossível!» A fé diz: «É possível!» A fé é a plena confiança em Deus, que ele sabe tudo e que nos amam. O nome dele é maravilhoso, e ele faz maravilhas. Mesmo se uma mãe pode esquecer de seu filho, ele não pode esquecer de nós. Isaías 49.15. Sem fé é impossível agradar a Deus, mas pela fé podemos agradá-lo, e nós nos tornamos seus amigos mais próximos que ele vai ouvir e ajudar no dia da angústia. Se ele atrasa para nos ouvir, onde queremos que ele intervenha logo, temos de encontrar o descanso e repouso de que ele é perfeito em sabedoria, bondade e amor, e que ele intervém no tempo certo para o benefício eterno de nós e nossos filhos ou em qualquer relacionamento.

Frouxidão e indiferença não estão na fé. Na fé, vamos lutar contra tudo o que nos impede de alcançar a esperança e olhamos com prazer. Ele ouve a nossa oração pela necessidade e desejo do nosso coração. Se cremos, também veremos e experimentaremos a glória de Deus.

 

Trecho de um artigo publicado na revista Skjulte Skatter (Tesouros Escondidos), setembro 1965

© Copyright Stiftelsen Skjulte Skatters Forlag | brunstad.org