Moisés: O homem  antes dos milagres

Moisés: O homem antes dos milagres

Escrito por: Bessie Wong | Publicado: terça-feira, 6 de setembro de 2016

Muitos ouviram a história de como Moisés conduziu os israelitas fora do Egito, mas quem  sabe poucos tenham reflexionado sobre sua vida antes do êxodo. Da mesma maneira podemos desejar ser um instrumento útil para Deus, sem ter que pensar no que tem que acontecer nas nossas próprias vidas para que isso aconteça.

Tendo crescido como um príncipe entre os egípcios, Moisés sempre teve amor para com os israelitas. Desejamos fazer algo por eles. Deus viu que Moisés podia ser um servidor muito valioso, mas primeiro tinha uma grande quantidade de sua própria força e sabedoria que teria que ser deixada. Era visto que aconteceu a vontade de Deus, e que o nome de Deus fosse glorificado, e não o de Moisés próprio.

A compreensão do valor do homem

Moisés foi forçado a ouvir do Egito na idade de 40 anos, depois seria Moises, que uma vez foi príncipe de uma das civilizações mais importante do mundo, um pastor em uma terra estrangeira. Todo o poder, autoridade, honra, e conhecimento que tinha alcançado como príncipe do Egito foi inútil. (Atos 7,20-35)

Pouco a pouco começou  a compreender quem era realmente. No Salmo 90 é uma oração de Moisés, que refleti isso: «[as pessoas] pela manhã são como a erva que cresce. De madrugada floresce e cresce; à tarde corta-se e seca.» (Salmo 90,5-6) Essa foi sua revelação sobre o valor da humanidade e o conhecimento humano sem o guia e sabedoria de Deus

Todo o poder, autoridade, honra, e conhecimento que tinha alcançado como príncipe do Egito foi inútil.

Também recebeu compreensão da natureza de Deus e seu onipotente. « SENHOR, tu tens sido o nosso refúgio, de geração em geração.Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de eternidade a eternidade, tu és Deus. » (Salmos 90,1-2).


Dias após dias, escreveu Deus essa verdade no coração de Moisés, e o resultado foram fenomenais. E o resto de sua vida Moises, apesar de muitos milagres poderosos que realizou com o poder de Deus, nunca se fez grande antes seus próprios olhos. Pelo contrário, começou a procurar o mais valioso sobre  a terra: « Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. » (Salmos 90:12)

Formou um vínculo inquebrantável com Deus

Moisés aprendeu a sós com Deus. Aprendeu a cuidar o rebanho de ovelhas que estavam abaixo de sua custodia. As conduziu, foi indulgente e procurou o melhor para elas. Seguindo a inspiração de Deus no seu coração, protegeu as ovelhas de todos os caminhos inseguros e bestas perigrosas. Embora não sabia nesse momento, isso estava o preparando para o dia em que já não guiaria as ovelhas, e sim todas as tribos de Israel.

Moisés aprendeu, como Davi quando foi pastor; «O Senhor é o meu pastor; e nada me faltará.»

Foi esse tempo que Moisés formou um vínculo inquebrantável com Deus, e aprendeu a confiar Nele sem duvidar. Aprendeu como Davi quando foi pastor: «O Senhor é o meu pastor; e nada me faltará.»(Salmos 23,1)

Finalmente chegou o dia quando Deus viu a Moisés, estava preparado para sua missão destinada. Sua própria força tinha sido deixada através dos anos, e tinha se convertido em um homem mais humilde e manso que tinha sobre  a terra (Números 12,3). Agora era mais sábio e forte que qualquer outra pessoas com vida, porque tinha se convertido em um servo– um representante – de Deus.

A partir de então, Deus pode começar a falar com Moisés diretamente sobre sua vontade. Assim começou essa história épica que ainda é considerada uma das maiores historias da humanidade- o êxodo do povo de Israel desde o Egito. Foi por causa desse forte vínculo com Deus que mais tarde estendeu sua mão sobre o mar vermelho pela ordem de Deus. O mar se abriu, o que permitiu ao povo de Israel cruzar com segurança e escapar das perseguições do exercito egípcio.

Deus precisa de trabalhadores

Também existe uma grande necessidade no mundo que nos rodeia hoje em dia. Muitas pessoas são escravos de seu próprio pecado, e não sabem a saída. Deus precisa de pessoas que estejam dispostas a passar pela mesma educação que teve Moisés, para que possam ser pastores e exemplos, que conduzem as pessoas a liberdade que é em Cristo.

Deus precisa de pessoas que possam ser pastores e exemplos

Estas atento no que Deus te quer ensinar, dias após dias?  Está disposto a humilhar se baixo a guia e a vontade de Deus, a custa de seus próprias ideais e entendimento humano? Se for assim, então também formará um vinculo inquebrantável com Deus. É essa fidelidade oculta na vida diária; pequenas situações que ninguém pode ver, o que preparou Moisés para ser um instrumento nas mãos de Deus. Foi essa condição de  humildade mansa o que permitiu deixar de lado seus próprios pensamentos, ideias e teimosia, e a vontade de Deus pode ser realizada, e Ele pode  ser santificado

«Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.» (2 Timóteo 3,17)