O caminho mais curto

O caminho mais curto

Escrito por: Knut Olav Haukelidsæter | Publicado: terça-feira, 27 de maio de 2014

Em certa maneira a natureza humana é  muito previsível .

Perto da nossa cãs tem um parque com áreas verdes, arvores grandes e caminhos  bem  cuidados que as pessoas podem caminhar.  Embora existam estradas de cascalho que levam a todos os pontos de interesse no parque, você pode encontrar atalhos em todos os lugares onde as pessoas passam no gramado para salvar alguns segundos.

Suponhamos que saiba o que estou falando, porque provavelmente você mesmo também contribui fazendo atalhos similares – a maioria de nós já  fizemos. As pessoas são boas para encontrar atalhos – e não somente com fins de economizar  tempo; é simplesmente  a natureza  do  homem em buscar o caminho mais  curto para sair das circunstancias.

...é simplesmente  a natureza  do  homem em buscar o caminho mais  curto para sair das circunstancias.

Para os jovens há muitas áreas diferentes na vida onde estamos propensos a procurar a opção mais fácil, ou um atalho através da grama, se você quiser. Isto é especialmente verdadeiro quando se trata de ser um cristão. Às vezes você pode se sentir um pouco envergonhado  como humilhante admitir que você é um cristão.

Talvez você esteja convidado para uma festa onde você sabe que haverá situações em que será difícil de manter puro. O processo mental de encontrar o caminho mais curto é iniciado imediatamente. «Eu provavelmente deveria ir para mostrar que os cristãos são pessoas normais que podem se divertir -. E certamente  não vou cometer qualquer loucura.»

Mas  a verdade é que eu não quero chamar a atenção, e talvez a humilhação que vem quando dizer: "Obrigado, mas não, obrigado -. Isto não é uma coisa para mim:" Em vez  disso escolhe participar, e, na verdade, inconscientemente,  de repente, você se encontra em uma situação onde o pecado está muito perto de onde é extremamente difícil viver digno de sua vocação celestial. Atalhos como estes são perigosos!

... e, na verdade, inconscientemente,  de repente, você se encontra em uma situação onde o pecado está muito perto 

Jose, um jovem que deixou sua marca na história porque ele era fiel, e experimentou o que era para defender aquilo em que acreditava. Quando a esposa de Potifar tentou seduzi-lo várias vezes pode ter pensado: "Certamente eu não vou ir tão longe se eu posso, pelo menos, fingir que eu estou sendo um pouco lisonjeado", e em seguida, rejeitou a proposta com uma piada. Mas José recusou-se, em voz alta e clara: "Como, pois, posso cometer este grande mal, e pecar contra Deus?" (Gênesis 39: 9) Ele não escolheu o caminho mais curto que o trouxe perigosamente perto do pecado .

Devido a essa escolha foi levado para a cadeia, e lealdade parecia ter falhado. Mas chegou o dia em que José acordou na cadeia - e naquela noite fui para a cama como o segundo homem mais poderoso do Egito. Isso diz tudo. A eleição de José parecia não dar frutos na época, mas Deus recompensou sua fidelidade em abundância.

O próprio Jesus é o nosso maior exemplo disso. Como um homem de carne e osso, em tudo foi tentado como nós, mas sem pecado. (Hebreus 4: 15) Quando tentados a encontrar um caminho mais curto, ele deixou bem claro qual o caminho que ele escolheu - a forma como os seus discípulos, somos chamados a seguir «Agora a minha alma está perturbada; e que direi eu? Pai, salva-me desta hora; mas para isto vim a esta hora.Pai, glorifica o teu nome. Então veio uma voz do céu que dizia: Já o tenho glorificado, e outra vez o glorificarei.» (João 12, 27-28)

Como posso passar por esta situação e permanecer impecável e agradável aos olhos de Deus?

Portanto, não olhar para o caminho mais curto em sua luta. Ficar e lutar por sua fé para sair com a cabeça erguida. Seu foco deve ser: "Como posso passar por esta situação e permanecer impecável e agradável aos olhos de Deus?" Então você vai receber sua recompensa, na hora certa e você vai ser aquele que Deus pode usar para fazer a Sua vontade. Acima de tudo, um dia você pode conhecer seu Salvador, sem ficar com vergonha porque você procurou o caminho mais curto em vez de tomar o seu nome em defesa.