O tráfico de pessoas: O valor de uma vida humana

O tráfico de pessoas: O valor de uma vida humana

Escrito por: Kathryn Albig | Publicado: quarta-feira, 8 de julho de 2015

Quando vemos as noticias do mundo, parece que a perversidade humana e a falta  de respeito não tem fim.

Acabo de ler um artigo nas noticias da  BBC sobre o trafico de pessoas na Tailândia. Dizer que é repugnante, é pouco. É  repugnante ler sobre as condições que os seres humanos são forçados por pessoas que não entendem o valor da vida. Essas pessoas más não tem ideia que cada um de nós temos o mesmo valor perante os olhos de Deus. Pois Deus não tem um sistema de classes. Os pobres que dormem em cima  de  papelões são iguais os que dormem em realezas nos melhores colchões.

Vi fotos de pessoas com necessidade extrema, gente que dorme no chão, na selva, gente que dorme em celas minúsculas e sujas. Pessoas enterradas em tumbas sem nome, mortas em cativeiros. Todas essas pessoas  tem deixado de ter poder sobre a sua própria vida.  Se encontra a mercê de quem exercem um tipo de doença, um tipo de poder prescrito sobre eles.  E as pessoas das quais  deveriam receber ajuda, são corruptas da mesma maneira. A polícia e os funcionários do governo. Muitos deles estão envolvidos de uma ou outra maneira, essas pessoas estão sem esperança e sem ajuda.

Cada um de nós tem o mesmo valor diante dos olhos de Deus. Deus não tem sistema de classes

Os cabelos da nossa cabeça

Lembro-me de algo que ouvi recentemente. «O mundo não tem nada de recheio.» Bilhões de pessoas, e Deus tem um amor pessoal e cuidado com cada um. Quer que prosperemos. (Jeremias 29,11). Todos os cristãos tem os fios de seus cabelos contados ( Mateus 10,30). Os cabelos na minha cabeça não são monitorados mais de perto do que os da cabeça de um trabalhador migrante levado para o cativeiro.

Eu mesma nasci em um mundo onde me sinto segura e amada. Não sei por que, e algumas vezes me sinto culpada quando vejo o sofrimento que os demais devem suportar. Mas tem algo que sei com certeza, e é que Deus é amor. (1 João 4,8) E Deus é justo. (Gênesis 18,25) Não posso duvidar disso mais do que posso duvidar da minha própria existência.

O pecado é a causa do sofrimento

Mas a pergunta segue:Por que? Quando vejo coisas como essa situação na Tailandia, sei que não é Deus–  é o pecado. Pessoas impulsionadas pelo poder e dinheiro. Pessoas que tratam as outras como animais. Deus não quer controlar a ninguém; cada uma de nossas ações é segundo a nossa própria vontade. As pessoas das rédeas soltas as suas próprias paixões e desejos, e isso significa muito, pois normalmente são os inocentes que sofrem São guiados por satanás, e fazem. Eles são liderados por Satanás, e torná-lo dolorosamente óbvio indizivelmente mal e do pecado é destrutivo.

Tenho certeza de que Deus está mais consternado  do que nós, quando ele vê o que acontece neste mundo. Tenho certeza que você gostaria de esticar sua mão e trazer ordem. E nós sabemos que ele não vai deixar essa condição continuar para sempre.

Ele nos deu sua palavra e seu Filho Jesus, para nos mostrar a maneira de viver sem pecado. Através dele o pecado será completamente derrotado, eo julgamento final será plenamente provado que Satanás estava errado completamente. Assim, ninguém tentar obter de volta a Deus da mesma maneira que ele fez Satanás. Sua campanha para as pessoas a seguir a própria vontade em vez da vontade de Deus, vai ser refutada de uma vez por todas.

Então Deus destruirá esta terra antiga e criar um completamente novo, completamente livre de pecado. Sem toda essa miséria que são controladas pelo pecado trouxe a esta terra. Quase não posso esperar para que esse tempo venha, mundo sem pecado ninguém vai pensar em  oprimir outra alma, e ninguém vai se lembrar nem mesmo da  miséria e  do sofrimento.