Os puros de coração verão a Deus

Os puros de coração verão a Deus

Escrito por: Elias Aslaksen | Publicado: quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Se não fosse possível neste mundo ser puro de coração, ninguém nunca chegaría a ver a Deus. (Mateus 5,8)

E então aquelas maravilhosas palavras da boca de Jesus não teríam qualquer significado para nós. E isso é absolutamente excluído, que suas palavras não teriam sentido! Assim, é perfeitamente possível por uma fé viva ser puro de coração agora aqui no tempo de graça! Glória a Deus nas alturas! Que graça! Que amor!

Puro é o mesmo que santo. «Mas, assim como é Santo o que vos chamou, sede santos em toda maneira de viver. Pois está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.» 1. Pedro 1,15-16.

Santo em toda maneira de viver, é exatamente a mesma coisa como santo e limpo em todas as áreas! Assim, a vitória sobre todo pecado consciente, de todo tipo, tais como a Escritura testemunha de diversas maneiras! Somos chamados a ser santos como Deus é santo! (Mateus 5:48) Isto é outra vez o mesmo que ter atitudes santas, palabras santas, pensamentos puros e santos, e o mesmo que a mente de Cristo! (1 Coríntios 2,16)

Falando humanamente tudo isso soa incrível, mas é perfeitamente verdadeiro pelas Escrituras claras. Então devemos curvar-nos em toda a reverência. É apenas fazer isso em uma fé sincera, assim como uma pequena criança, e assim ser capaz de experimentá-lo!

Tudo gira em torno de um processo de purificaçã profunda e generalizada. E isto é descrito de uma forma simples e eficaz em 1 Pedro 1.22: «Purificando as vossas almas na obediência à verdade».

Aqui estão descritas a receitas como obediência à verdade = obediência à todas as palavras de Deus no Novo Testamento = todas as palavras! Cada uma delas, nos purifica de um ou de mais pecados. Por exemplo: Dar! Ao fazê-lo, nós nos purificamos de avareza e cobiça. Negar-se, humilhar-se, não ser sábio em si mesmo, feliz estar com os mais pequenos. Obedecendo a estas palavras, purificamos-nos de orgulho, arrogância, soberba, o que é especialmente importante!

Amando um ao outro de coração fervorosamente, nos purificamos do egoísmo, de fingir que nós amamos, e de ter alguma coisa contra o outro, e de desacordo e divisões, que é, naturalmente, particularmente importante!

Ao cumprir a palavra: «Piedade com contentamento é de grande ganho», (1. Timoteos 6,6) estamos completamente salvos da cobiça e do orgulho e da vaidade e gula! Que grande e verdadeiro ganho!

Ao obedecer a palavra: «Guardemos firme a profissão da nossa fé, e inabalável» (Hebreus 10,23), somos purificados da evasão, desânimo, temor de homens e da falta de ousadia.

De maneira nenhuma se consegue a salvação a não ser por meio da obediência! É o que diz de forma clara e facilmente compreensível em Hebreus 5.9. Nós somos a obra de Cristo e glorificamos Seu nome por obedientemente andar nas obras que ele preparou à nossa frente. (Efésios 2.10)


Esta é uma versão editada de um artigo que foi publicado na revista da igreja BCCSkjulte Skatter em dezembro de 1980.
© Copyright Stiftelsen Skjulte Skatters Forlag