Podes crer em algo bom – com a ajuda de algo mau?

Podes crer em algo bom – com a ajuda de algo mau?

Escrito por: Øyvind Johnsen | Localizar: Bergen, Noruega | Publicado: quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Independente da religião, fé ou crença, o objetivo de uma pessoa é - provavelmente promover algo que é bom, proporcionando liberdade, alegria, paz, prosperidade e progresso, o que ajuda na fundação de uma comunidade melhor, cria melhores pessoas e constrói  boas relações entre as pessoas e as nações.

No entanto, se eu quero criar algo de bom deve ser primeiro liberado de tudo o que se opõe ao bem -  o mal. E para superar o mal deste mundo devo, em primeiro lugar, vencer - o mal em mim.

Uma fonte do mal ou do bem

Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. Disse apostolo Paulo em Romanos 7,18. A mensagem do cristianismo anuncia, portanto uma cruz sobre essa carne, que é a fonte do mal. Gálatas 5,24. O bem promove desenvolvimento, prosperidade e criatividade, e o mal pelo contrário, causar estagnação, isolamento, medo e passividade.

A fonte do bem são palavras de Deus e do espírito santo.

Não pode a árvore boa dar maus frutos, nem a árvore má dar frutos bons. Mateus 7,18. Por seus frutos os conhecereis. Verso 16. A mensagem celestial coma qual veio Jesus, transforma todas as árvores más em boas. Os bons frutos vêm porque a árvore boa tem recebido conexão da fonte do bem, de onde extrai a seiva e alimento. A fonte do bem são palavras de Deus e do espírito santo.

Efeitos positivos e negativos

Vós, maridos, amai a vossas mulheres, e não vos irriteis contra elas. Disse Paulo em colossenses 3,19. Podemos perguntar: Que efeitos positivos são as palavras ditas com raiva e amargura no casamento ou qualquer outro relacionamento? Palavras duras criam um  ambiente escuro e opressivo, nada bom, e muito menos fornece uma solução para o problema. A causa do problema é porque nem um se libertou do mal.

A causa do problema é porque nem um se libertou do mal

Reconhecendo a verdade, descobrimos que somos nossos próprios desejos e demandas que nos impedem. Quando a pessoa está livre de amor-próprio, recebe parte nesse amor que é uma força positiva que derrete corações congelados, derrubando paredes, une os separados, constrói relacionamentos e inspira confiança e segurança!  Portanto – Vá  com o positivo! Para a frente com tudo o que é bom!

A língua como uma ferramenta

A morte e a vida estão no poder da língua, e aqueles que a ama comerá do seu fruto. Provérbios 18.21. Com a língua você pode matar a alegria e a paz, assim como a dúvida e desconfiança, e com a língua pode criar um bom ambiente bom no trabalho, criar esperança, fé, encorajamento, apoio, confiança e segurança. Todo mundo tem que comer (viver com) dos frutos (consequências) de suas palavras.

Mejor es pensar en lo que ha uno se le ha perdonado

A retaliação e vingança

Paulo escreve em Romanos 12, 17 e 21:  Não pague ninguém mal por mal; procurai as coisas honestas, perante todos os homens... Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.

A vingança jamais produz algo bom para os homens nesse mundo. A vingança é do Senhor. Este é o seu negócio, sua área. Por essa razão, vale a pena não dar por terminado isso em nossos pensamentos, e muito menos expressar qualquer sentimento de vingança ou punição em uma outra pessoa, independentemente do que ela fez. É melhor pensar sobre o que um foi perdoado e que Jesus, o Filho de Deus deu a sua vida em prol pelos nossos pecados; e não somente pelos nossos, mas também para o mundo todo. 1 João 2.2.


Por isso te digoque seus muitos pecados lhe serão perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem é pouco perdoado pouco ama. Lucas 7,47.

Não pode criar algo bom com a ajuda de algo mal!