Por que Deus deve ser um fogo consumidor?

Por que Deus deve ser um fogo consumidor?

Escrito por: Bjørn Nilsen | Publicado: segunda-feira, 11 de junho de 2012

Quando Deus teve que dar um nome a si mesmo, ele utilizou a descrição „zeloso" em uma situação apropriada. Essa expressão diz um pouco da natureza de Deus. Êxodo 34,14: „Porque não te inclinarás diante de outro deus; pois o nome do SENHOR é Zeloso; é um Deus zeloso..“

Deus soprou o espírito de vida no primeiro homem. Gênesis 2,7: „ E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente.“ Esse espírito ele soprou em todo o homem e agora ele exige com todo o zelo que esse espírito retorno. „Ou cuidais vós que em vão diz a Escritura: O Espírito que em nós habita tem ciúmes?" Tiago 4, 5.

Batalha por nosso espírito

Deus não quer que nosso espírito seja engolido por esse mundo ou pelo deus desse mundo, o diabo. Ao invés disso, ele gostaria de chegar a comunhão com nosso espírito humano, a fim de demonstrar sua boa vontade. Se essa ligação acontece, Deus vai nos conduzir a uma vida boa e cheia de paz.

Mas também o deus desse mundo, o diabo, é ativo. Ele também gostaria de ter o nosso espírito humano, a fim de influenciá-lo a fazer a vontade dele. Ele veio para nos destruir enquanto ele fala para a nossa  „carne“. A  „carne" é o desígnio para os pecados que moram no interior do homem e para os desejos terrenos, que herdamos dos nossos pais e mães e que são originados da queda. Entre essas duas forças existe uma batalha, e nessa batalha Deus deseja com zelo o nosso espírito. Esse zelo divino também devemos ter no nosso dia a dia.

 

Forças impulsionantes diversas

A bíblia fala de duas forças espirituais que estão uma contra a outra: o Espírito Santo, e o espírito do anticristo. No Espírito Santo está a abrangente boa, agradável e perfeita vontade de Deus, enquanto que no espírito do anticristo as influências do diabo se realizam, a fim de se auto exaltar e excluir a Deus e sua vontade. Nessa batalha Deus zela por nós. Agora ele nos enche com o mesmo zelo, a fim de termos uma força impulsionante em nós, para que o alvo de Deus conosco se realize, a saber, vencer o espírito do anticristo, e receber um espírito de homem, vivificado. Isso significa que o nosso espírito de homem, passa a ser desviado desse mundo, longe de próprios interesses, necessidades e estar preocupado com o que é passageiro. Ao contrário, ele é dirigido ao céu, para ser unido com a boa, perfeita e eterna vontade de Deus.


Nesse trabalho com nós, Deus é zeloso, e este zelo ele também coloca naqueles que crêem nele. Deus dá a estes todos os meios necessários para que dê certo, tanto em tempos bons, quanto em tempos ruins. Para isso ele envia situações no nosso caminho, que trazem os nossos pecados á luz, e ele nos dá força e zelo, para vencermos o pecado que quer destruir nossa alegria e paz em Deus.
 

Zelo de Deus – zelo humano

Existe uma diferença entre o zelo de Deus e o zelo humano. No zelo de Deus existem futuro e esperança. O zelo humano, do contrário, tem como força impulsionante a sua própria vida, e tem seus próprios interesses e vantagens aqui na terra, diante dos olhos. O zelo de Deus nos impulsiona em uma nova vida, na qual somos dispostos a deixar a nossa própria vida, a fim de encontrar a vida eterna, a qual está em Cristo. O zelo nos impulsiona a entrar na morte com que veio Jesus, assim que podemos mortificar o pecado que mora na nossa carne. Dessa maneira o nosso espírito humano é vivificado para essa vida eterna. 2. Coríntios 4,6-18. A parte do nosso espírito humano que foi vivificado, será a nossa luz e nosso brilho na eternidade.

Deus quer que todas as pessoas entrem nessa purificação e desenvolvimento, que as pode conduzir do abraço do pecado a uma vida de vitórias, como Paulo descreve em romanos 6,22: „Mas agora, libertados do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna.“

Nesse trabalho Deus é zeloso. Ele é zeloso pelo nosso espírito, e ele dá a graça necessária para que dê certo.