Um matrimônio puro

Um matrimônio puro

Escrito por: Tony Jacobs | Publicado: segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Infidelidade e traição causam dor, desconfiança, suspeita e desgraça, tanto para os cônjuges como também para os filhos e outros envolvidos. É possível manter o matrimônio puro?

Pureza é uma virtude, que está cada vez mais rara. Mesmo entre os cristãos a palavra bíblica da pureza está cada vez mais diluída, e muitos não vêem mais como pecado as diferentes formas de imoralidade. Quando nós lemos o que o próprio Jesus diz sobre isso, então encontramos um padrão que vai muito além de simplesmente ser puro nas ações. Jesus veio com um entendimento que ia na contramão do ensinamento dos líderes religiosos da época, que „eram bonitos para fora“, mas interiormente cheio de „ossos e cadávares“. Eles não estavam interessados em deixar a impureza interior.

Uma vida pura nos pensamentos

Jesus disse que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. (Mateus 5, 20, 27-28) Essa palavra mostra que a nossa Vida de pensamentos deve ser mantida pura de todos esses desejos que se encontram na nossa natureza caída.

O temor á Deus não deixa você ser infiel.

A sexualidade em conexão com o matrimônio é pensado por Deus como bênção, mas Jesus esclarece que a cobiça em relação a outros que não seja teu cônjuge é pecado. Você não pode fazer nada com as coisas que vês e ouves ao teu redor, mas com as concupiscências que são acordadas nos teus pensamentos, você pode fazer algo.

Exatamente isso fez José. Quando a mulher de Potifar tentou seduzir ele em muitas ocasiões, ele a rejeitou. Como ele fez isso? A resposta está nas palavras que ele disse para ela: como pois faria eu tamanha maldade, e pecaria contra Deus?“ Gênesis 39,9. Ao invés de ceder á tentação, ele fugiu e se manteve puro.

Deus vai responder com novas forças, para poder seguir firme na tua determinação

O temor á Deus não deixa você ser infiel, seja nos pensamentos, teus olhares ou ações. Ela lhe dará uma determinação, quando estiver lendo os jornais ou navegando na internet, para que não estejas exposto á impureza. Mas mesmo tendo uma atitude determinada, serás tentado por ocasião dos desejos da tua natureza humana. A tentação em si não é pecado, mas ela coloca a tua fidelidade á prova, e deves dominar sobre o pecado. Isso significa que você precisa ter uma luta consciente contra pensamentos impuros e clamar á Deus nas tentações. Deus vai responder com novas forças, para poder seguir firme na tua determinação. Dessa maneira ele também vai operar uma transformação em você.

O matrimônio é estabelecido por Deus

Na sociedade atual o matrimônio muitas vezes é classificado como antiquado, mas não é assim aos olhos de Deus. Deus mesmo estabeleceu o matrimônio e considera ele tão alto, que a bíblia descreve o matrimônio como o relacionamento puro e santo entre Cristo e a igreja.

É completamente possível dominar sobre os desejos sexuais, para que não maculen teu sentido ou destruir o relacionamento!

Infidelidade e traição causam dor, desconfiança, suspeita e desgraça, tanto para os cônjuges como também para os filhos e outros envolvidos. O matrimônio deveria ser uma fortaleza de confiança, da fidelidade e do amor puro, um lugar onde Deus pode dar a sua bênção. Um salmista escreve: „… Domina no meio dos teus inimigos.!“(Salmos 110,2), e isso começa nos teus pensamentos. É completamente possível dominar sobre os desejos sexuais, para que não maculen teu sentido ou destruir o relacionamento – Deus vai te recompensar grandemente!