Você pensa nas consequências?

Você pensa nas consequências?

Escrito por: Mark Floor | Localizar: Vanderbijlpark, Süd-Afrika | Publicado: sábado, 11 de outubro de 2008

Vivemos em um tempo no qual os poderes das trevas estão tão fortes, que em pouco tempo pode-se arruinar a vida. Se apenas se entregar pouco nas drogas, pornografia ou egoísmo, isso trará consequências desagradáveis consigo.

Pode-se ver passar muitos anos de sua vida deprimido, por conta de uma pequena ação que trouxe tanta desgraça. Não é moderno pensar nas consequências de duas próprias ações, mas Moisés fez isso. Ele se recusou a viver o gozo do pecado por pouco tempo e pode se alegrar na sua vocação. (Hebr. 11, 25-26).

Timóteo foi um seguidor fiel de Jesus. Mesmo assim, ele teve que receber a exortação para fugir dos desejos da juventude e seguir o amor e a pureza (2. Tim. 2, 22).

Essa história mostra que Timóteo manteve seu desenvolvimento na vida e suas ações em uma linha. Ele via o final dessa linha - as consequências daquilo que ele fazia. Jesus podia usar ele.

Ele entendeu que poderia viver para agrado de Jesus e fazer a vontade dele, naquilo que ouvia as exortações de Paulo, de fugir dos desejos da mocidade e seguir a pureza.

Podemos escolher o que semeamos, mas não aquilo que colhemos. Pense nas consequências de tuas ações. Todos aqueles que tem a mesma fixação e sentimento como Moisés, Paulo, e Timóteo, podem se alegrar! Eles podem vivenciar paz e verdadeira alegria.

Se você escolheu o caminho errado, mas mesmo assim tens anseio por pureza e paz, você precisa entregar hoje mesmo o teu coração a Jesus! Ele pode perdoar os teus e te ajudar para viver uma vida pura para ele (Salmo 51, 10).

Essa entrega tem consequências eternas e maravilhosas para a tua vida!