A prova da fé

A prova da fé

Escrito por: Eunice Ng | Localizar: Singapore | Publicado: quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Os estudantes estão numa procura febril sobre notícias do último ano. Na biblioteca os alunos estão debruçados sobre os livros. Novamente estamos na semana de provas.

Uma época que, por vias de regra, significa estresse, preocupações e medos. O pensamento na imensidão de material para aprender, pelo qual é necessário passar, ou a insegurança sobre os resultados, pode deixar qualquer um com medo.

Em filipenses 4, 6-7 está escrito:
„Não estejais inquietos por coisa alguma: antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplicas, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus“

„A paz não vem por si só“, diz Daniel Wong, 22, de Hong Kong. „Eu tenho que pedir a Deus por isso, e colocar tudo em suas mãos. Ele dirige tudo.“

Paz e descanso em meio ás incertezas

Pouco antes de começar os exames, podemos ouvir o folhear de livros e cadernos, quando os estudantes passam, rapidamente e pela última vez as suas notícias. Percebe-se uma atmosfera de tensão.
 

”Todos parecem nervosos, mas quando entro na sala de provas, apenas sinto a paz no meu coração”, diz Yu Zhangxin, 21, de Singapore.

Não quer dizer que Zhangxin é mais inteligente do que seus colegas de classe, ou que ele saiba todas as respostas.

„Eu tenho me preparado da melhor maneira possível, e o restante eu deixo para Deus. Ele planejou tudo para mim, e não existe nada pelo qual eu tenha que me preocupar“, diz ele com convicção.

Sem preocupações sobre o futuro

Zhagxin aprendeu que, o que está escrito em Matthäus 6, 33 é verdadeiro.
„Mas buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.“

Quando mais novo, esse jovem de 21 anos não foi um aluno inteligente, mesmo quando as tarefas pareciam mais fáceis para os outros.

„Mas eu tenho visto que Deus me dirigiu durante todos esses anos. Eu destaquei-me em outras áreas“, diz Zhangxin, que hoje está muito agradecido pela oportunidade de continuar a estudar.

„Eu entendi que não tem significado algum, lutar para ser o melhor em tudo. O importante para mim, é o que preciso para a salvação da alma.

Alegra-te no plano de Deus

Em romanos 8, 28 está escrito:
„E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto.“

Jonathan Wong, 21, de Hong Kong sabe que isso significa a necessidade de colocar toda a sua confiança em Deus. Independente do que acontece, é plano de Deus e para o seu melhor.

„Tudo que acontede no meu dia a dia, as coisas boas ou ruins, é de Deus, determinado para minha própria salvação. Por isso posso me alegrar por todas as situações pelas quais ele me conduz“, diz Jonathan convicto.