Minhas reações

Minhas reações

Escrito por: William Bettridge | Publicado: segunda-feira, 14 de abril de 2014

É fácil dizer que o dia depende do que acontece, mas na realidade não é isso. Suas reações determinam sua felicidade, e com ajuda de Deus aprender a reacionar em todas as coisas de uma boa maneira.

Estresse. Voltar para casa com  excesso de velocidade, colocar as últimas coisas na  mala, engolir um pouco de comida... Se supõe  que não é assim que, deveria começar uma viagem. Pulo no carro e dirijo uns 10 minutos até no  ônibus. Tudo o resto já está por aí. Perfeito. E novamente chegou a tarde.

No ônibus todo mundo fala em voz alta, felizes e emocionados pela viagem. Ao contrário eu estou somente cansado. Respondo irritada a uma pergunta estúpida. Arrependo-me no mesmo momento. Porque tenho sempre que reacionar de maneira negativa?

Tento ficar tranquilo onde estou sentado, mas a emoção no ônibus é contagiosa. Esqueço minha irritação e rapidamente estou rindo e contando piadas com os demais. «Esta vai ser uma viagem incrível, disse para um dos meninos”. Mais tarde chegamos na localidade entre as montanhas perto de  Princeton, BC.

Tivemos que madrugar. Estava bem para mim. De  qualquer maneira não conseguia dormir mais. O gelo nos chama. OK. Brincamos muito. Alguns inclusive brincaram sem patins. Dei muita risada, eles deslizando sobre o gelo. «Que estão fazendo?» pensei. Fico assombrado comigo mesmo com isso: Novamente estou orgulhoso, porque eu tenho patins.

As  coisas que este mundo tem para oferecer, todos os minhas vontades e desejos – minhas reações naturais- tudo tem uma  alegria passageira.

Já são onze horas e todos se dirigem para a sala de reunião. Reunimos-nos para falar da palavra de Deus. Um dos responsáveis dos jovens, Gershon Twilley, fala do nosso tempo de juventude, e como isso é a base da nossa vida. As coisas que esse mundo tem para nos oferecer, todas as minhas vontades e desejos –minhas reações naturais – tudo tem uma alegria passageira.. Sei que o que está dizendo é certo. Quando me alterei durante  a viagem, me senti bem em colocar eles no devido lugar. Mas logo me senti culpado, tinha arruinado algo. Feri nossa amizade. A boa sensação que senti quando gritei com eles? Cinco minutos depois já tinha esquecido. Tudo isso para

Ele usa  apalavra «desejos». Seus pensamentos é mais do que significa está palavra. Coisas como a impaciência, a ira, o orgulho, o ciúme, são também desejos. E devido a que os desejos são parte da minha natureza humana, geram reações em mim. As reações são de uma maneira satisfatória de momento, mas igual como eu estava com meu amigo no ônibus, me deixa exatamente onde comecei. Vazio, Triste. Realmente quero acabar com esse circulo, mas como?

Gershon disse algo que exatamente eu esperava. « “Os que reconhecem a Deus, que tem miséria, são abençoados»  O que quer dizer? Penso nas reações. Como essas chegam tão de repente, antes mesmo de ter tempo para pensar. O quanto é negativo o impacto aos que me rodeiam. Que mal que são essas reações. Não é fácil admitir que sou a causa da minha própria miséria. Gostaria muito em dizer que a culpa é dos demais, mas se sou sincero, mesmo alguém fazendo algo? Não posso controlar as reações dos outros, mas algo posso fazer algo com as minhas próprias reações!

Eu não posso controlar as minhas reações, mas posso fazer algo com as minhas próprias reações!

Gershon lê humana, na Bíblia em Hebreus 12, 11, «E, na verdade toda correção, ao presente, não parece ser de gozo, se não de tristeza, mas depois, produz um fruto pacifico de justiça exercitados por elas.» Assim posso aprender com meus erros! Posso ver a mim mesmo e perceber aonde eu me equivoquei. E se nego a mim mesmo contra as tendências que estão na minha natureza humana, então poderei vencê-las. O resultado é que sou justo. Livre do sentimento de culpa depois de uma má reação. Dói admitir que fiz algo mal. Mas no ultimo momento, é muito mais doloroso se tenho que seguir fazendo as coisas más uma ou outra vez.

Os que se envergonham do pecado chegaram a um desenvolvimento  fantástico!  Isso é o que eu quero! Não ficar mais irritado! Jamais ser impaciente! Quando admito e me envergonho dessas coisas, recebo graça para trabalhar e me desfazer de tudo isso! Posso ser um professor em  tampar meu pecado, mas por enquanto segue ali. Quero ser livre dele! Longe! Assim não vou ter do que me envergonhar

Mas Gershon disse algo mais. «Nada que tem chegado a uma vida de vitória sobre o pecado o tem feito com seu próprio poder.» Si o que quer dizer. Penso em quantas vezes tentei acabar com minhas reações com minha própria vontade, sem êxito. Sem orar  a Deus pedindo por ajuda, as reações chegam mais rápido do minha capacidade de deter. Mas com a Judá de Deus, posso vencê-las , antes que elas me derrotam!

Olho ao meu redor. Eles também lutam contra o pecado em sua natureza para serem livres e poder amar e servir a Deus. Quando algo não sai como esperavas, não procurem somente ocultar suas reações. Trabalhem para fazê-las desaparecer. Peça ajuda. Recebam vitória. Me alegro pelo futuro, e pela oportunidade que tenho de chegar a uma nova vida!