O amor é longânimo e amável

O amor é longânimo e amável

Escrito por: Sarah Simons | Publicado: quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Meu amor humano pode me dar forças para passar por muitas situações difíceis.  Porém essa força pode sumir repentinamente e impaciência e intolerância começam a surgir – quando não em ações, então nos meus pensamentos.

„Crianças, vamos fazer compras rapidinho. Considerem as outras pessoas e fiquem sempre perto de mim “, tento lembrar a eles com muito cuidado. Ainda não passamos pela porta do mercado quando um dos filhos bate no irmão e grita para ele „ta contigo!“ e sai correndo. Um outro pede por algo doce e o terceiro fica balançando no carrinho de compras. Eu respiro fundo. Como não conseguem  simplesmente me ouvir? Em pouco tempo estou cheio!

O problema está nas minhas próprias condições

A verdade é que minhas próprias condições e expectativas em relação ás outras pessoas faz com que seja impossível que eu lide com paciência com eles. Sem o amor de Deus tenho falta de forças para ser paciente e de boa vontade. Minhas reações humanas e naturais muitas vezes são ruins e machucam, inclusive aqueles que são importantes para mim.

A verdade é que minhas próprias condições e expectativas em relação ás outras pessoas faz com que seja impossível que eu lide com paciência com eles.

Que sorte tenho porque Deus quer me encher com seu amor. Através da força do amor que está em Cristo Jesus minha vida se tornou tão positiva e esperançosa. Unicamente o seu amor me dá a força de negar e mortificar minhas próprias exigências e expectativas em relação aos outros. Então eles experimentam amabilidade e amor incondicional saindo de mim. „O amor é sofredor, é benigno…“ 1. Coríntios 13,4

O amor de Deus me ajuda a amar

Quanto mais eu vejo o amor e paciência anormais de Deus, tanto mais tenho a consciência que é justo e certo amar as outras pessoas da mesma maneira. Em provérbios 31,26 está escrito da dona de casa virtuosa: „Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua.“

Isso eu posso colocar em prática aqui e agora.

Eu sinto o quão importante é orar a Deus continuamente pedindo para que me preencha com seu amor infinito, para que o resultado sempre seja de paciência e boa vontade nas minhas ações em relação aos outros.

Eu experimento que me torno mais feliz quando sou obediente á palavra de Deus, mesmo quando tem muitas situações nas quais eu percebo que tenho falta do amor divino. O modo antigo de reagir vai mudando com o tempo. Eu começo a me sentir livre e feliz. Estou tão agradecido que o amor de Deus me conduz á vida e bênção. Realmente posso praticar isso aqui e agora na loja, e meus filhos podem experimentar isso!