Planos para o futuro...

Planos para o futuro...

Escrito por: Judith Grimes | Localizar: Oslo/Follo, Norwegen | Publicado: sábado, 28 de fevereiro de 2009

„Você não tem planos? Como tua vida vai parecer em dez anos?" Ela e eu estamos sentados no café, e eu hesito na resposta.
 

A mim chama a atenção um velho homem maltrapilho, sentado na calçada diante da padaria. Ao lado dele muitas garrafas de cerveja vazias. Seu olhar está mudo no vazio. Mas ela continua argumentando: „Nós temos que pensar com cuidado em tudo que queremos alcançar ainda. Naturalmente primeiro a carreira, mas também na vida privada." Ela mexe em sua xícara de café. „E filhos também estão no plano em algum momento."

Ela olha para mim em tom de cobrança. „Você não tem planos? Como tua vida vai parecer em dez anos?" Eu pego um pedaço de meu bolo, a fim de ter um pouco de tempo para a resposta. „Eu gosto da idéia de olhar mais adiante no futuro!" Ela sorri apreensiva. Como eu devo me expressar? Ela vai me entender? Eu respiro fundo e digo: „Naturalmente eu tenho alguns planos, mas antes de todas as coisas eu gostaria de pedir pela vontade de Deus em minha vida.“

„Por isso eu não posso responder a essa pergunta de maneira concreta. Mas eu sei que serei feliz." Seu olhar fica duvidoso. „Como você pode saber isso com tanta certeza?" Com voz firme eu respondo: „Eu creio que Deus me mostrará o caminho certo, e ajudará com as decisões corretas. E o que tudo a vida for trazer para mim, - eu não posso saber tudo isso agora, - eu posso tirar de sua mão." Ela olha cética para mim. „E então, se mesmo assim as coisas derem errado?"

Meu olhar passa mais uma vez pelo homem velho sentado do outro lado da rua, enquanto meus pensamentos se voltam para outros homens tementes a Deus, os quais conheço. Pessoas felizes cheias de sabedoria divina e cheios de conteúdo. „Isso não dá errado", eu digo com certeza. „Se confio em Deus na minha simplicidade, então ele não vai deixar que outros mostram para mim dizendo: Veja como está indo mal com ela, aquela que tem confiado em Deus! Não, Deus tem todo o poder no céu e na terra. Ele não decepciona quem tem nele a sua confiança."

De repente o silêncio. Ela me olha com espanto. Mas eu creio que ela entendeu o que eu quiz dizer.

Eu sinto uma gratidão e alegria intereior muito grande, enquanto continuamos sentados conversando sobre nossa vida e outras coisas interessantes. Uma alegria sobre a minha fé em Deus, que é meu seguro de vida e o meu conselheiro – e também por ter tido a oportunidade de também contar isso para ela.

Eu não sei se ela também deseja confiar em Deus, mas quando nos despedimos mais tarde, ela me abraça e aperta cordialmente dizendo: „Eu já me alegro em ver como você vai estar em dez anos!"

A noite, quando abri a minha bíblia, meus olhos foram diretamente sobre a palavra em Jeremias 29, 11: „Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais."