Eu cometi pecado?

Eu cometi pecado?

Publicado: terça-feira, 28 de agosto de 2012

Eu sei que cometi pecado, quando a consciência me lembra de que tenho transgredido a lei, ou quando o Espírito Santo me mostra a verdade sobre mim mesmo.

É possível receber perdão dos pecados que eu cometi. Mas depois de receber o perdão dos pecados, então como cristão o meu alvo é vencer o pecado para ser totalmente livre do mesmo, para que não seja mais escravo dos meus desejos e concupiscências. Isso é uma vida cristã real e verdadeira!

Minha consciência – eu cometi pecado?

Todas as pessoas tem uma consciência – uma visão do que é bom e o que é mau. Essa „voz interior“ quer me dizer com antecedência quando algo é bom ou mau, e também quer me lembrar disso depois de eu ter feito algo do qual eu sei que é ruim.
Mas como o nosso saber sobre o bem e o mal é marcado por nosso ambiente, nossa cultura, nossa educação e da nossa personalidade, todos tem uma consciência diferente e que reage diferente nas diferentes situações. Por isso a consciência não pode ser usada como  „instância maior“.

Transgressão da lei

No tempo do antigo testamento Deus deu leis e mandamentos aos homens, para que pudessem conduzir sua vida direito. A transgressão da lei é pecado, e a lei diz o que é pecado. Se eu conheço a lei, a consciência também vai me dizer quando tiver eventuais transgressões.

Através do cumprir dos mandamentos do velho testamento as pessoas podiam viver uma vida exemplar exteriormente, porque as leis podiam mostrar os pecados exteriores visíveis como as ações e palavras e assim castigar os transgressores. Mas a lei não podia julgar o interior, a vida oculta, aquilo que ninguém vê, os pensamentos e os motivos que estão por trás de cada palavra ou ação.

O Espírito Santo e a esperança no tempo do novo testamento

No tempo do novo testamento os mandamentos não são escritos apenas com tinta, pois „Porque esta é a aliança que depois daqueles dias Farei com a casa de Israel, diz o Senhor; Porei as minhas leis no seu entendimento, E em seu coração as escreverei.“ Hebreus 8, 10. Esses são os mandamentos do espírito vivificante. O Espírito Santo me ensina e lembra claramente, o que é a vontade de Deus, mesmo quando se trata da vida interior.

O Espírito Santo também é chamado como o Espírito da verdade. Ele quer me mostrar a verdade sobre mim mesmo, minha natureza humana e o pecado que mora em mim, e isso muito além do que os mandamentos e minha consciência o poderiam fazer.

Um outro nome para o Espírito é ajudador. A principal atividade do espirito não é dizer a mim se pequei, mas sim ajudar-me a não pecar.

Através da obediência em relação ao Espírito eu recebo clareza sobre os pecados em minha natureza, antes de cometê-los. Eu posso vencer o pecado da mesma maneira que fez Jesus, nosso precursor, enquanto esteve aqui na terra.