Ter pecado - cometer pecado

Ter pecado - cometer pecado

Escrito por: Milenko van der Staal | Publicado: terça-feira, 13 de abril de 2010

João escreve que todos nós temos pecado, mas que aqueles que cometem pecado não conhecem ou vêem a Deus. (1. João 1, 8 e 3,6) Qual é então a diferença?

A queda do homem

O pecado veio ao mundo através de Adão e Eva que foram desobedientes a Deus. Através dessa ação desobediente (queda do homem)  eles foram manchados e ambos receberam uma carne pecaminosa (Gênesis 3, 1-6 e romanos 5, 12) Na sua carne (sua natureza humana) habitavam concupiscências, que foram despertadas e começaram a se opor a vontade de Deus. As concupiscências são chamadas de ‚pecado na carne‘ ou vontade própria.

Ter pecado - Tentação

Todas as pessoas herdam o pecado na carne, e com isso podemos dizer que todos tem pecado. (1. João. 1, 8) Isso podemos perceber quando somos tentados. „Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.“ (Tiago 1, 14 – 15) A tentação não é o mesmo que pecar, porém se nós cedemos conscientes, para o que querem nossas concupiscênicas no nosso sentido, então a concupiscência „concebeu“ e estabelece uma relação entre nosso sentido e o pecado na carne.

Cometer pecado; cair no pecado

Existe uma diferença entre ter e cometer pecado. Aqueles que cometem pecado, são aqueles que querem pecar, eles não querem renunciar o pecado.Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. (1. João 3, 8)e o pecado, sendo consumado, gera a morte.“ ( Tiago 1, 15)

Aqui se trata de uma morte espiritual, na qual somos separados de Deus. Deus não pode ter comunhão com pessoas que não querem renunciar o pecado. Isso se torna uma vida sem esperança e sem Deus.


Também pode acontecer, que nós caímos, mesmo quando andamos no caminho. Mas porque nós não o queremos, nos arrependemos e levantamos prontamente. Porque o nosso sentimento é fazer o bem, a queda nos desperta e alerta, a fim de que não torne a acontecer.

 

Não pecar!

“Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis;.“ (1. João 2,1) Isso deve ser possível porque está escrito! Jesus viveu essa vida como homem, sob as mesmas condições que nós, porém ele nunca pecou, porque ele nunca cedeu as concupiscências que moram na carne. Através disso Deus pode aniquilar o pecado na carne! (Heb. 4, 15 e romanos 8, 3). A morte não pode deter ele, e através dessa oferta ele abriu um caminho de volta para Deus, no qual podemos seguí-lo como discípulos. Que evangelho poderoso e cheio de esperança temos recebido!